quarta-feira, 26 de abril de 2017

MPCE apresenta sucesso de mediações comunitárias no X Fórum de Mediadores e Cultura de Paz

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) sediou, nesta terça-feira (25/04), o X Fórum de Mediadores e Cultura de Paz, organizado pela Vice-Governadoria do Estado do Ceará. Na ocasião, a coordenadora do Programa Núcleos de Mediação Comunitária do MPCE, promotora de Justiça Iertes Gondim, apresentou os resultados positivos da mediação para as comunidades atendidas no ano de 2016.
A mediação busca a solução pacífica de conflitos nas comunidades através do trabalho de voluntários capacitados pelo Ministério Público. Foram realizados, em 2016, 11.370 atendimentos à população e o percentual de êxito nas mediações realizadas atingiu a marca de 86,77%. “Os números obtidos expressam a consolidação e o fortalecimento do Programa de Mediação do MPCE, demonstrando que a população tem identificado os núcleos de mediação como espaços privilegiados de apoio na resolução de seus conflitos, bem como orientações na busca por seus direitos”, disse a promotora de Justiça Iertes Gondim.
Ela ressaltou o empenho e dedicação de toda a equipe – coordenação, assessores e supervisores – mas, em especial, dos mediadores voluntários, pelos resultados alcançados. “Sem eles, nada disso seria possível. Não há dinheiro no mundo que pague os serviços que vocês fazem na busca pela paz nas suas comunidades, vocês são verdadeiros agentes de transformação social e fazem parte do que temos de melhor no Ministério Público cearense”, agradeceu a coordenadora.
Grande parte dos temas dos conflitos mediados nas comunidades tratam de desentendimentos familiares, pensão alimentícia, cobrança de dívidas e desavenças entre vizinhos. Juntos, eles abrangem 64% dos atendimentos. O gerente de projetos do Programa, promotor de Justiça Saulo Moreira Neto, destacou o desejo de ultrapassar significativamente, em 2017, o número de atendimentos do ano anterior.
Com a mediação, a comunidade se empodera para conseguir resolver seus problemas de uma forma rápida, pacífica e desburocratizada, precisamos difundir essa ideia para outros bairros e municípios. Recebemos alguns núcleos desativados, como o do Antônio Bezerra e Barra do Ceará, mas eles já estão funcionando e retomaram os atendimentos. Com isso, acredito que os nossos resultados vão aumentar muito este ano”, ressaltou Saulo Moreira.
Após a apresentação do Programa de Mediação Comunitária do MPCE, o pedagogo e especialista em gerenciamento de conflitos, George Marinho, palestrou sobre inteligência emocional e controle do estresse. O encontro foi coordenado por Cristiane Holanda, gestora da Coordenadoria e Mediação Social, Justiça Restaurativa e Cultura de Paz, vinculado ao Gabinete da Vice-Governadoria do Ceará. “Estamos muito felizes por sermos recebidos pelo Ministério Público, pois o nome do MP fortalece o nosso fórum”, disse Cristiane.
O X Fórum de Mediadores e Cultura de Paz aconteceu na Escola Superior do Ministério Público (ESMP). Também estiveram presentes as assistentes técnicas do Programa Patrícia Palhano e Jucileide Cronemberger, mediadores comunitários e representantes das instituições participantes do Fórum, como: Secretaria da Educação do Estado (Seduc), Organização dos Advogados do Brasil (OAB/CE), dentre outras.


Fonte: Assessoria de Imprensa
Ministério Público do Estado do Ceará



quinta-feira, 20 de abril de 2017

MPCE reúne-se com Sindiônibus para tratar sobre projeto Mediação Itinerante

 


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio do Programa dos Núcleos de Mediação Comunitária (PNMC), realizou, nesta quarta-feira (19/04), visita ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus).
Na oportunidade, os promotores de Justiça Ana Cláudia Uchoa, coordenadora adjunta do PNMC, e Saulo Moreira Neto, gerente de Projetos do PNMC, se reuniram com o presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira, para fortalecer os vínculos com a entidade e a continuidade da parceria para o desenvolvimento do projeto Mediação Itinerante. Participaram ainda do encontro a assessora técnica do PNMC, Patricia Palhano, e a assessora jurídica do Sindiônibus, Odaléa Sombra Holube.


Fonte: Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará